Quem quer que ame, se não determina
O correto e verdadeiro objectivo do amor,
É dos que vai ao mar para ficar enjoado.
O Amor nasce como a cria do urso: se lambemos demais
O nosso amor, e a novas e estranhas formas o forçamos,
Erramos, e de uma massa informe um monstro fazemos.
Não seria um monstro um vitelo que crescesse
Com cara de homem, embora melhor do que a sua?

ELEGIAS AMOROSAS, John Donne, Assírio & Alvim
8.00 euros

18194914_769626016534824_6825247736341410946_n

Advertisements