Tudo o que é intermediário entre o grito e a decisão, todas as palavras, todas as confidências devem cessar. “Agora, há muito que tudo acabou; há muito que não dirijo a palavra a ninguém. Ó vós, quem quer que sejais, quando estiverdes a meu lado, que as cordas da vossa laringe não deixem escapar nenhuma entoação… e vós mesmos não tenteis de modo algum fazer-me conhecer a vossa alma através da linguagem”.

LAUTRÉAMONT, Gaston Bachelard, Litoral
10.00 euros

16265340_715460748618018_1039406539703005196_n.jpg

Advertisements